Crises do capitalismo e suas consequências

Timeline created by Julia Fedulo
In History
  • Crise de 1929

    Crise de 1929
    A Crise de 1929, também conhecida como Grande Depressão, foi uma forte recessão econômica que atingiu o capitalismo internacional no final da década de 1920. Marcou a decadência do liberalismo econômico, naquele momento, e teve como causas a superprodução e especulação financeira.
  • A 1º fase da crise do petróleo 1973

    A 1º fase da crise do petróleo 1973
    Em outubro de 1973, os países árabes exportadores proclamaram um embargo às nações aliadas de Israel na Guerra do Yom Kipur, conflito militar entre estados árabes liderados por Egito e Síria contra Israel.
    Em cinco meses de embargo, o preço do barril de petróleo subiu de três dólares para 12 dólares no mundo inteiro. O momento era de crescente consumo de petróleo nos países industrializados, o que garantiu que o embargo custasse muito aos embargados.
  • A 2º fase da crise do petróleo 1979

    A 2º fase da crise do petróleo 1979
    A segunda fase da crise do petróleo ocorreu Em 1979 como consequência da Revolução Iraniana, que transformou o Irã em uma república islâmica teocrática. As revoltas sob a liderança de Ayatollah Khomeini basicamente zeraram a extração de petróleo no Irã.
    Se em 1973 o preço do barril durante a crise era de 12 dólares, em 1979, o preço foi a US$ 39,50.
  • Crise de 2008

    Crise de 2008
    A crise financeira de 2008 foi a maior da história do capitalismo desde a grande depressão de 1929. ... O evento detonador da crise foi a falência do banco de investimento Lehman Brothers no dia 15 de setembro de 2008, após a recusa do Federal Reserve (Fed, banco central americano) em socorrer a instituição.
  • Crise do coronavírus 2020

    Crise do coronavírus 2020
    A pandemia do coronavírus desencadeou uma crise econômica que cresce como uma avalanche.
    Com a Europa se tornando o epicentro da pandemia e os Estados Unidos em uma emergência nacional, os governos estão fazendo o máximo para tentar limitar o impacto econômico