Linha da Psicologia

Timeline created by Ana Rodrigues
In History
  • AD 1

    Heráclito (540-475 a.C.)

    Trouxe para o psicólogo o conceito de que em seu trabalho nada é estático, mudanças são inevitáveis
  • 2

    Pitágoras (570-496 a.C.)

    Visão do mundo de forma quantitativa; métodos quantitativos contribuíram para psicologia se tornar ciência.
  • 3

    Anaxágoras (499-428 a.C.)

    Ele deu atenção ao processo psicológico, e a valorização a disposição e ordem dos elementos são fundamentais na Gestalt.
  • 4

    Demócrito (460-370 a.C.)

    Estímulos externos na determinação do comportamento e o determinismo – pontos que os Behavioristas retomaram.
  • 5

    Sócrates (436-336 a.C.)

    Desenvolvimento da Maiêutica.
    A consciência de que o “Não saber” é o ponto de partida da ciência e do conhecimento.
    Ideias sobre mundo psicológico ganham consistência.
  • 6

    Platão (427-347 a.C.)

    Ideia de “homem ser dualista, composto de corpo x mente” é a raiz mestra da história da psicologia.
    Essa visão gera duas correntes: essência e existência. Da essência vem a pedagogia da essência, que volta posteriormente com outros filósofos, educadores e psicólogos.
  • 7

    Aristóteles (384-322 a.C.)

    Tudo tem Psyché (alma). Existência de 3 almas: vegetativa, animal/sensitiva e racional.
    Primeiro a escrever tratados sistemáticos da psicologia (estudo sobre memoria mais significativo para psicologia).
    Uso da intuição e raciocino como mais um passo para adquirir conhecimento.
  • 8

    Santo Agostinho (354-430)

    Cisão entre corpo de alma
    Alma: sede da razão e prova da manifestação divina no homem.
  • 9

    São Tomás de Aquino (1225-1274)

    Ser humano busca a perfeição por meio de sua existência.
  • 10

    René Descartes (1596-1650)

    Psicologia inicia sua fase pré-científica
    Separação entre mente (alma/espírito) e corpo – dualismo
    Progresso na anatomia e fisiologia, gerando progresso na psicologia
  • 11

    Thomas Hobbes (1588-1679)

    Sua teoria (visão pessimista do homem) fundamentou o conceito da natureza humana egoísta e interesseira de Freud. base da psicanálise e outras teorias da aprendizagem do século XX,
    Precursor da psicologia do ato no século XIX e do funcionalismo no século XX.
  • 12

    John Locke (1632-1704)

    Mente - tabula rasa
    Conhecimento é adquirido por meio da experiência ou pela reflexão
    Integração das funções psíquicas com as funções corporais.
  • 13

    Georgie Berkeley (1685-1753)

    Importância das sensações nas percepções e nos processos psicológicos.
  • 14

    David Hume (1711-1776)

    Afirmando a existência apenas do que é sensível dá início à psicologia "do senso comum"
  • 15

    Gottfried Wilhelm Leibniz (1646-1716)

    Estudos sobre a influência da sensação nos processos perceptuais. Admitiu níveis de percepção.
  • 16

    Emanuel Kant (1724-1804)

    O princípio de causa e efeito (finalismo): nega a possibilidade de obter o conhecimento direto da alma, como pretende a psicologia racional.
    A existência de uma única psicologia: a empírica
  • 17

    Johann Friedrich Herbart (1776-1841)

    Considerando a psicologia quantitativa colaborou para que ela se tornasse também experimental
    Um dos primeiros a entender a psicologia ao campo educacional
  • 18

    David Hartley (1705-1757)

    Afirmação: associações simples se reúnem em grupos ou ideias complexas.
    Queria fazer uma psicologia fisiológica – contribuiu para torná-la experimental
  • 19

    Herbert Spencer (1820-1903)

    Associações transmitidas entre as gerações
    Adaptação ao meio
  • 20

    Alexander Bain (1818-1903)

    Primeiros livros de psicologia publicados em inglês, sobre o sistema nervoso, as leis da associação
  • 21

    Séc XIX

    Psicologia passa a ser estudada pela fisiologia e neurofisiologia
    Formulação de teorias sobre o sistema nervoso central
    Busca pela compreensão dos mecanismos pensantes do homem – avanço na neuroanatomia, neurofisiologia e fisiologia
  • 22

    Por volta de 1846

    Neurologia: doença mental fruto de alterações celulares (cerebrais)
    Neuroanatomia: descoberta dos reflexos
    Estudos sobre a psicofísica
  • 23

    1860 – Lei Fechner-Weber

    Relação estímulo e sensação; percepção aumenta em PA e estímulo variam em PG
  • 24

    1879 – Wilhelm Wundt

    Cria o primeiro laboratório de psicologia experimental
    Desenvolvimento da concepção de paralelismo psicofísico e método do introspeccionismo
  • 25

    Final do século XIX

    Surge a psicologia: criada das dúvidas do homem moderno. A filosofia (conhecimento sobre as experiências) e a fisiologia (estudo cientifico das sensações, fonte da subjetividade humana) unem-se para criar a psicologia.