" Diferentes concepcões de infância numa perspectiva histórico-cultural"

Timeline created by elyda155
In History
  • 4,000 BCE

    Infância na Antiguidade Clássica

    Infância na Antiguidade Clássica
    1800 a.C -Gregos e romanos ricos colocavam seus filhos mais espertos na escola. Ainda assim, eles conviviam no mundo adulto, facilitando a troca de informações, com isso influenciando nas suas vidas. As crianças eram envolvidas diretamente ao meio adulto, podem até se casar, ou morrer em batalha. Fonte: https://super.abril.com.br/cultura/o-fim-da-infancia-1850-2009/
    Fonte da imagem: https://aventurasnahistoria.uol.com.br/
  • Period:
    -476 BCE
    to
    1453

    Infância na Idade Média

    A expectativa de vida de uma criança na idade média era muito baixa, principalmente os bebês . A mortalidade infantil prevalecia, assim o trabalho infantil. A educação do nobre era muito diferente da educação da criança não nobre , ou seja, a criança nobre aprendia a arte da luta , etiqueta etc, já a criança não nobre aprendia a plantar colher etc. Mas as duas detinha algo em comum , nenhuma das educações aprendiam coisas ligadas a família.
  • 477

    Desenvolvimento da infância na "IDADE MÉDIA" segundo o historiador Philippe Ariès .

    Desenvolvimento da infância na "IDADE MÉDIA" segundo o historiador Philippe Ariès .
    Segundo ARIÈS na Idade Média (476-1453), considerava-se a infância como um período caracterizado pela inexperiência, dependência e incapacidade de corresponder a demandas sociais mais complexas. A criança era vista como um adulto em miniatura e, por isso, trabalhava nos mesmos locais, usava as mesmas roupas, era tratada da mesma forma que o adulto.
  • 1300

    RENASCIMENTO - Primeiros passos da separação do adulto e da criança.

    RENASCIMENTO - Primeiros passos da separação do adulto e da criança.
    A igreja foi um dos maiores contribuintes para tal mudança,pois associou a imagem das crianças com a de anjos, sendo assim, Deus as favoreciam devido a sua inocência e pureza. Com esse fato surgiu a necessidade de amar as crianças e tornando a educação obrigatória. A partir dai, a iconografia começou a ser demonstrada na figura de crianças-anjos, estabelecendo uma religião para as crianças ( ARIÉS, 1981, p.14). A educação infantil comesou a receber importância.
  • 1453

    Infância na Idade Moderna ( Não para todos)...

    Infância na Idade Moderna ( Não para todos)...
    Nasce a ideia - Para se tornar adulto, é preciso aprender algumas coisas antes.
    nobreza começou a se preocupar em poupar as crianças dos males do mundo e começaram e investir em educação voltada as atividades nobres, morais e espirituais. Mas, para os plebeus, a infância ainda é apenas um sonho.
    A sociedade começa a ter um novo perfil.
  • Period: to

    Seculos XVII e XVIII

    As primeiras escolas surgiram no final do seculo xvii e tinham a função de preparar a criança para funções e compromissos de adultos.
    Já as famílias detinham a função de educar moralmente e espiritalmente a crianças.
    É nesse período que surge novas ideias modernas de infância relacionada com a historia da cultura da sociedade.
  • Nascimento da concepção de infância.

    Nascimento da concepção de infância.
    A partir do século XVIII, as crianças começaram a ser reconhecida em suas particularidades, obtendo o seu próprio quarto, alimentação considerada específica e adequada, ocupando um espaço maior no meio social. Nascia a concepção de infância.Agora a família começa a dar ênfase ao sentimento que tem em relação à criança.a educação da criança, que passa a ser estimulada na orientação educacional . Referência: https://siteantigo.portaleducacao.com.br
    Fonte da imagem:
  • Infância e suas conquistas na Idade Contemporânea.

    Infância e suas conquistas na Idade Contemporânea.
    A infância começa a ter seus primeiros ganhos e prioridades.
    surgiram as primeiras instituições pre-escolas assistencialistas no Brasil.
    Já havia uma divisão entre adulto e criança.
    Surgiu uma estrutura social da infância.
    Crianção das primeiras leis e a constituição em favor da defesa dos direitos das crianças e adolescentes.
    Dualidade: Educação
    para pobres e ricos.
  • LDB-Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional LEI Nº 9.394

    LDB-Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional LEI Nº 9.394
    A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) define e regulariza a organização da educação brasileira com base nos princípios presentes na Constituição. Foi citada pela primeira vez na Constituição de 1934.
    A primeira LDB foi criada em 1961, seguida por uma versão em 1971, que vigorou até a promulgação da mais recente em 1996. Referência e fonte da imagem: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_de_Diretrizes_e_Bases_da_Educação_Nacional
  • ECA- Estatuto da Criança e do Adolescente.

    ECA- Estatuto da Criança e do Adolescente.
    O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) foi aprovado em 1990 e reforça que a responsabilidade de proteção integral das crianças e adolescentes até os 18 anos são responsabilidade da sociedade e do Estado.O ECA estabelece direitos à vida, à saúde, , à educação, respeito, à liberdade, à convivência familiar etc. Aborda questões de políticas de atendimento, medidas protetivas ou medidas socioeducativas.
    Referência: parceirolegal.fcmlaw.com.br/leis/estatuto-da-crianca-e-do-adolescente
  • HOJE- Infância e suas concepções.

    HOJE- Infância e suas concepções.
    as crianças estão se tornando adolescentes cada vez mais cedo, o trabalho infantil, se der muito dinheiro, está sendo valorizado, e até a Turma da Mônica precisou ficar adolescente para voltar a vende... Leia mais em: https://super.abril.com.br/cultura/o-fim-da-infancia-1850-2009/